Orgulho e preconceito

agosto 22, 2013

Provavelmente já quase todos conhecem esta história, uma vez que este é um romance realmente antigo: lançado em 1813, adaptado, pela primeira vez, ao teatro em 1930, ao cinema em 1940, e até mesmo à televisão em 1980. Pois bem, eu nunca tinha visto um filme, uma peça de teatro, uma série, lido o livro e nem nunca sequer ninguém contou-me a história, por isso quando a minha irmã deu-me este livro, não sabia nada sobre ele, a não ser a escritora: Jane Austen. Não li o resumo da história na contra capa nem, mesmo a última folha (como faço sempre depois de ler os primeiros capítulos). Entrei completamente às cegas para este livro e quando acabei senti-me maravilhada. A história do livro decorre no século dezanove e retrata a sociedade aristocrática rural da Inglaterra. O livro aborda temas como a educação, moral, posição social, riqueza e autoconhecimento, que conferem à obra carácter dramático. 

Orgulho e preconceito jane austen book review
Terminei de ler o livro na madrugada do dia dezasseis, um livro que deixou-me com um sorriso da primeira à última página de tão mágico que é, pondo-o no meu pedestal de livros preferidos. Dois dias depois, decidi ver o filme, vi a versão mais recente, dirigida por Joe Wright, e posso dizer que gostei. Fiquei, como fico sempre quando vejo um filme depois de ler o livro, desiludida, perdeu mais de metade da magia que o livro tem, mas não posso dizer que é um mau filme e que não faz jus à história porque faz. 

« Estavam a menos de vinte metros um do outro, e o seu aparecimento tinha sido tão abrupto, que era impossível evitar vê-lo. Os seus olhos encontraram-se imediatamente, e as faces de ambos coraram profundamente. O senhor Darcy praticamente saltou, e por um momento pareceu imobilizado pela surpresa. Mas recuperando em pouco tempo a presença de espírito, avançou na direção do pequeno grupo, e dirigiu-se a Elizabeth em termos, se não de total compostura, pelo menos de perfeita cortesia.»

You Might Also Like

12 comentários

  1. não conhecia :o

    r: e se tomares chá para acalmar antes de dormir ou alguma coisa natural para dormir? :s
    acho que a behati costuma lá estar nos concertos (pelos menos, esteve no rock in rio). quero ver a reação dela muahaha porrada no palco xD

    ResponderEliminar
  2. Nunca li o livro nem o filme. Shame on me! Lê ou vê Expiação ;)

    ResponderEliminar
  3. O nome do livro não me é estranho mas nunca o li... Recomendas? (:

    ResponderEliminar
  4. Nunca li o livro nem vi o filme mas a história desperta-me alguma curiosidade. Tenho que o fazer :)

    ResponderEliminar
  5. Nunca vi ou li nada sobre esta história. Mas confesso que nunca tive interesse porque não ligo muito a histórias históricas.

    ResponderEliminar
  6. R: querida então o que eu mais gostei de fazer foi o das fofocas ahah

    ResponderEliminar
  7. é uma vergonha mas não conhecia a história :/ e adorei a citação!

    ResponderEliminar
  8. São poucas as vezes que o filme consegue ser melhor que o livro!

    ResponderEliminar
  9. Ando a lê-lo, se bem que ultimamente tem sido difícil por causa do trabalho, mas estou a adorar!
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  10. Este é sem dúvidas o meu livro preferido! Amo os livros de Jane Austen
    Parabéns pelo blog ;)

    ResponderEliminar
  11. Eu gostei muito do filme, mas ainda não li o livro. É claro, falta sempre algo (e por vezes muito importante) às adaptações para cinema.

    ResponderEliminar

Subscribe