Resoluções 2016

dezembro 29, 2015

Nunca fui menina de fazer as tais resoluções para o ano seguinte. Comer as tais doze passas, pedir os tais doze desejos. Nunca. Se por um lado nunca sabia o que pediaraquando das doze badaladas, por outro lado sempre fui muito racional e sabia que não era por pedir isto ou aquilo que os desejos se realizavam. Então deste muito nova aprendi a não desejar nada nesta data. 


Sempre tracei os meus objectivos anuais, durante os muitos anos de estudante esses meus objectivos eram traçados com o começar do ano lectivo. Mesmo que nem todos os objectivos fossem relacionados com a escola/faculdade, era sempre nessa altura que eu os traçava.

Recentemente e depois de ponderar e perceber o que é isso dos objectivos a curto e longo prazo, que queremos para nós, alterei a altura em que traço os tais objectivos. O meu aniversário passou a ser da data de uma retrospectiva anual. O que aprendi? Onde errei? O que conquistei e o que ficou por conquistar? Onde me superei? Cresci? Qual é o próximo passo? E como o posso atingir? Onde posso melhorar e como me proponho a fazê-lo? São algumas das, muitas, perguntas a que dou resposta na minha retrospectiva anual, que à uns anos para cá ocorre em pleno Agosto. E por este motivo a passagem de ano, não passa de um festejo sem qualquer significado para mim.

You Might Also Like

16 comentários

  1. Que consigas realizar tudo o que queres :)

    ResponderEliminar
  2. Eu antes pedia os desejos só naquela de não perco nada. Mas já à uns anos que me deixei disso. É que nem gosto de passas ahah
    E faz muito mais sentido fazer as resoluções no dia de anos.

    ResponderEliminar
  3. Nunca peço 12 desejos e todos os anos peço o mesmo. Acho importante termos objetivos e traçarmos metas, mas isso tem que ser trabalhado ao longo do ano

    ResponderEliminar
  4. Eu acho que é importante desejar e estabelecer objectivos, escrevê-los até...agora se é na passagem de ano, no Natal ou na Páscoa, é indiferente!

    ResponderEliminar
  5. Não costumo de comer as 12 passas, porque como tu, nunca sei o que pedir e acabam sempre por se repetir. Gosto de ter objetivos mas vou formulando e alterando-os consoante o ano

    ResponderEliminar
  6. Eu também não dou muita importância à passagem de ano...

    ResponderEliminar
  7. Eu como sempre as passas! Desde pequenina que é tradição, apesar de saber que não são as passas que definem o meu caminho ou as minhas atitudes ;)
    Bom Ano! *

    ResponderEliminar
  8. Gosto da tua forma de pensar :D

    Bom ano querida

    ResponderEliminar
  9. Espero que tenhas um ano muito bom, que 2016 te traga coisinhas boas :)

    ResponderEliminar
  10. Tal e qual a ti :)
    R: Correu sim, ele já está quase a 100%

    ResponderEliminar
  11. Eu também não ligo à passagem de ano. Sinto-me exactamente igual mesmo depois do passar da meia-noite. Aliás... não há qualquer motivo para me sentir diferente! Como sempre as 12 passas mas peço sempre desejos muito realistas. Normalmente são coisas pelas quais já estou a lutar. De outra forma não faria sentido.

    ResponderEliminar
  12. Identifico-me imenso com esta publicação. Os meus objectivos são sempre traçado na altura em que começa a escola e faço anos (faço anos em setembro, por isso coincide), porque é nessa época que para mim um novo ano começa realmente.

    ResponderEliminar
  13. Este ano também não fiz desejos nem nada disso... Se bem que sinto que o ano novo é sempre um incentivo para melhorar, mas também acaba por ser só um festejo

    ResponderEliminar
  14. Feliz Ano Novo :D Espero que tenhas um 2016 brutal! *

    ResponderEliminar

Subscribe